O IRELGOV promoveu uma Missão Internacional de Estudos inédita, levando executivos para uma imersão sobre as Relações Governamentais na China
30 de outubro de 2019

Uma viagem de estudos inédita: Relações Governamentais na China

 

O IRELGOV promoveu uma viagem de estudos inédita que levou um grupo de 11 executivos para conhecerem como são feitas as relações governamentais na China, a segunda maior economia do mundo, um país complexo, diverso e de sistema político único.

A programação dos 10 dias da Missão Internacional de Estudos à China, que aconteceu de 16 a 25 de outubro, combinou aulas na Academia de Ciências Sociais de Xangai e na Universidade de Pequim, reuniões com órgãos governamentais chineses e visitas a empresas chinesas, multinacionais e câmaras de comércio, além de proporcionar a participação nas atividades da Missão Empresarial, organizada pela APEX-Brasil,em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), realizada por ocasião da visita do presidente da República do Brasil, Jair Bolsonaro, à China, Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita.

A Missão teve o apoio institucional da Associação do Povo Chinês para a Amizade com os Países Estrangeiros (中国人民对外友好协会), subordinada ao Ministério das Relações Exteriores da China

 

Programação:

XANGAI

As atividades da Missão Internacional de Estudos à China iniciaram-se no dia 17/10, em Xangai, com aulas na Academia de Ciências Sociais de Shanghai (SASS). Os temas foram o papel do governo no processo de tomada de decisões em projetos de desenvolvimento econômico, proferida por Han Hanjun, vice-diretor do Instituto de Economia da entidade, e o papel das empresas não estatais no desenvolvimento econômico da China, proferida por XU Mingqi, ex-diretor do Instituto de Economia Mundial da faculdade. A abertura do curso foi feita CHENG Fucai, diretor de cooperação internacional da faculdade e a mediação de LI Yihai, secretário-geral da Fundação Think Tank da Academia de Ciências Sociais de Xangai.

Na tarde do primeiro dia de atividades, houve reunião da delegação com a vice-presidente da Shangai People’s Association for Friendahip with Foreign Countries, Mrs. Jing ying. Na ocasião, ela falou sobre os principais atributos de atração de investimentos estrangeiros e desafios da municipalidade. São 30 milhões de pessoas em Xangai, tendo aproximadamente 10% da população de imigrantes. A representante presenteou o IRELGOV com uma pintura de uma artista local.

A delegação da Missão à China também visitou a sede da Budweiser Brewing Company APAC para reunião com Frank Wang, VP of corporate affairs, Rebecca Kuo, senior director public affairs, e Tom Lu, VP of legal e compliance. Na reunião a empresa falou sobre suas estratégias para a Ásia, bem como sua interação com o governo local.

No segundo dia de atividades a delegação visitou o porto da cidade, o Shangai Deepwater Port, que é totalmente automatizado (apenas 200 pessoas operam o terminal) e tem capacidade de movimentar 18 milhões de containers/ano. Em sua expansão, terá sua capacidade aumentada para 40 milhões de containers/ano. Em seguida visitaram o Shanghai Stock Exchange, a Bolsa de Valores de Xangai

A noite o grupo jantou com o Embaixador Marcos Caramuru e Renata Thiebaut, em Xangai. Foram discutidos temas ligados à economia, negociação, comércio eletrônico e hábitos de consumo na China. Marcos Caramuru foi embaixador do Brasil na China entre 2016 e 2018 e, atualmente, tem uma consultoria em Xangai. Renata Thiebaut, doutora pela Universidade de Harvard, é executiva da empresa Web2Asia, do grupo Alibaba, e especialista em comercia eletrônico chinês.

 

PEQUIM

A delegação da Missão Internacional de Estudos à China, chegou a Pequim no dia 19/10. Antes de retomar as atividades de estudo e visitas técnicas, o grupo foi conhecer dois dos mais importantes patrimônios históricos do mundo, a Grande Muralha e a Cidade Proibida.

As atividades da delegação tiveram início no dia 21/10, com aulas na Universidade de Pequim sobre política chinesa, com o professor Pan Wei, e sobre a transformação econômica da China, com o professor Wang Zhengyi. O tema central foi o processo de decisão do regime chinês. Os professores explanaram sobre os sistemas políticos, econômicos e sociais da China, bem como os desafios do governo atual.

Dando continuidade, a delegação reuniu-se com representantes do National Development and Reform Commission, órgão que atua diretamente nas decisões sobre investimentos e planejamento na China. Em seguida, o grupo visitou o Ministério do Meio Ambiente para discutir as diretrizes do governo para atingir a chamada “Beautiful China by 2035”. O projeto pretende melhorar a qualidade do ar e água e incrementar a preservação ambiental por meio da adoção de energias alternativas e implantação de tecnologias de ponta.

À noite, os participantes tiveram encontro com o representante chefe da Invest SP, José Antunes, com a gerente-geral de Desenvolvimento de Negócios na Ásia e representante-chefe do escritório na China da Petrobras, Tatiana Rosito, e a professora da Universidade de Negócios Internacionais e Economia, em Pequim, Tatiana Prazeres. Foram discutidas as experiências deles no país, bem como a visão das relações comerciais e políticas bilaterais. O encontro aconteceu na livraria Bookworm.

Diplomacia chinesa foi o tema da aula no segundo dia de atividades da delegação, na Peking University. A aula do professor Wang Zhengyi abordou a identidade regional e a influência chinesa.

No início da tarde, o grupo teve reunião na Embaixada do Brasil em Pequim com o ministro Celso de Tarso e diplomatas dos setores econômicos e político. Discutiu-se economia e política chinesa e sobre as relações bilaterais entre os países.

Na manhã do terceiro dia de atividades em Pequim, a delegação teve encontro na Escola Central do Partido Comunista, em Pequim.

A Associação de Amizade do Povo Chinês para com os Países Estrangeiros ofereceu almoço para a delegação com o vice-diretor-geral do Departamento de Assuntos das Américas e Oceania da entidade, Ji Yongjun.

À tarde, o grupo fez visita à Dow onde tiveram reunião com Gloria Xu, diretora de Relações Governamentais da companhia na China. A programação teve prosseguimento com encontro com Eric Wang, diretor da Yuan Associates.

No dia 24/10, a delegação participou das atividades da Missão Empresarial, organizada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), por ocasião da visita do presidente da República do Brasil, Jair Bolsonaro, à China, Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita.

O grupo seguiu para visita no Parque Tecnológico da Universidade Agrícola da China (www.caufutong.com) e à empresa Hema (www.freshhema.com), do grupo Alibaba, que é um exemplo de integração entre comércio eletrônico e convencional.

A programação da Missão Internacional de Estudos à China, foi encerrada com a participação da delegação no Seminário Empresarial Brasil-China, no dia 25/10. A abertura do evento foi realizada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que estava em visita oficial à China. Também participaram da abertura o vice-ministro de Comércio da China, Wang Shouwen, e outras autoridades chinesas e brasileiras.

 

Veja a programação completa, AQUI.

 



Agenda:

Para receber as novidades, materiais e artigos do IRELGOV diretamente em seu e-mail


Inscreva-se