Segundo dia do ConRelGov – 1º Congresso de Relações Governamentais do IRELGOV
26 de junho de 2019

Durante o Congresso de Relações Governamentais – ConRelGov, nos dias 13 e 14 de junho de 2019, no Hotel Grand Mercure Ibirapuera, em São Paulo, foram discutidos os principais e mais relevantes temas que envolvem o diálogo e a articulação da sociedade com o poder público.

 

Dia 14 de junho:

Painel de Debates – FORMAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E CAMPANHAS EM REDES SOCIAIS

Empresas e o poder público precisam estar atentos e monitorar continuamente as mídias sociais para prevenir e gerenciar conflitos, mas também para identificar oportunidades para influenciar a opinião pública. Bruno Hoffmann, consultor político e presidente do Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Político (CAMP), durante painel do Congresso de Relações Governamentais – ConRelGov, lembrou do resultado de uma campanha online favorável à Reforma Trabalhista, entre 2017 e 2018. “Conseguimos mudar o sentimento, que era quase totalmente negativo (90%), para meio a meio”, afirmou.

Eduardo Pugnali, secretário executivo de comunicação do Governo do Estado de São Paulo, contou que as redes sociais são muito importantes para entender quais devem ser as prioridades na gestão pública. A compreensão das mensagens que veem da população por meio da rede possibilita o tomador de decisão pública ações mais embasadas, afirma Pugnali. Para isso, a secretaria trabalha para entregar relatórios específicos para cada uma das pastas do governo.

O painel foi mediado por Manoel Fernandes, conselheiro do IRELGOV e diretor da Bites.

 

Painel de Debates – DESBUROCRATIZAÇÃO, MODERNIZAÇÃO E TRANSPARÊNCIA NA GESTÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS

A modernização do Estado brasileiro é um processo que precisará da participação da iniciativa privada. Márcia Luiza de Amorim Oliveira, secretária especial de Modernização do Estado, afirma que esse processo ocorre de portas abertas para os profissionais de relações governamentais.

A secretaria especial tem atuação transversal com todos os ministérios e profissionais de rel gov estão convidados para levar demandas, mas principalmente, sugestões de soluções para questões envolvendo serviços públicos. O governo quer a construção de soluções conjuntas e compartilhadas com a sociedade civil e iniciativa privada.

A meta de todas as ações de modernização e que o Brasil salte da posição 109 para 50 no ranking do Banco Mundial dos melhores países para fazer negócios.

Integraram a mesa de debates Aurélio Maduro, chefe de comunicação social da Secretaria Geral da Presidência da República, e Egon Schaden Júnior, conselheiro do IRELGOV, que moderou o debate.

 

Painel de Debates – PANORAMA POLÍTICO: DESAFIOS DOS NOVOS GESTORES PÚBLICOS E DO NOVO CONGRESSO

“A ‘nova política’ adotada pelo Planalto tirou da agenda o lobby do governo junto ao Congresso Nacional”, afirma Leonardo Barreto, cientista político e sócio-proprietário da consultoria Capital Político.

As propostas são colocadas pelo governo, mas sua negociação para aprovação fica por conta dos parlamentares. Essa nova configuração dá mais espaço de poder para o Congresso, mas também diminui a possibilidade de dividir responsabilidades de decisões e resultados ruins. Essa menor presença do Executivo na tramitação dos projetos abre espaço para atuação dos profissionais de relações governamentais para levar pautas e questões da sociedade, avalia Fernanda Burle, conselheira do IRELGOV.

Também dentro desse “vácuo”, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, está prestigiando e dando protagonismo aos deputados, dando espaço para liderar projetos e serem articuladores de grandes temas, explica o deputado federal Vinicius Poit, que participou do painel.

 

Painel de Debates – REPRESENTAÇÃO DE INTERESSES E LOBBYING NO BRASIL: PROFISSIONALIZAÇÃO, ESTRATÉGIAS E INFLUÊNCIA

Pesquisas e estudos da área de relações governamentais aprofundam discussões e reflexões, principalmente, sobre os resultados das ações e estratégias de influência de atores públicos. Manoel dos Santos, professor doutor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), apresentou técnicas que estão sendo aplicadas na avaliação do impacto do lobby durante o ConRelGov.

Entre as técnicas está a aplicação de um algoritmo desenvolvido pelo Google que mede o resultado de anúncios online no comportamento de consumo, mas que está sendo usado parava avaliar o resultado de ações de lobby nos Estados Unidos.

, professor do Insper, fez uma análise do cenário atual das relações governamentais no Brasil e comentou os lados positivos e negativos da regulamentação do lobby. O painel foi mediado pelo professor Creomar De Souza, da Universidade Católica de Brasília.

 

Palestra – CARREIRA: NOVAS COMPETÊNCIAS E TENDÊNCIA DE PROFISSIONALIZAÇÃO

Os profissionais de relações governamentais precisam de novas competências para enfrentar os novos desafios na maneira como são tomadas as decisões públicas e stakeholders mais diversos. Segundo Rodrigo Navarro, coordenador do MBA da FGV, entre elas está a visão holística, soft skills, análise de big data, aplicação de métricas, uso estratégico das redes sociais, intuição estratégica, entre outras.

 

Painel de Debates – COMO AUMENTAR O PAPEL ESTRATÉGICO DA ÁREA DE RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS

O envolvimento da alta direção das empresas com relações governamentais é fator fundamental para fortalecer o seu papel estratégico. As relações governamentais, especialmente em temas relacionados a riscos regulatórios, precisam estar no centro das decisões empresariais. Esta foi uma das colocações feitas no painel no qual participaram Demetrius Ferreira e Cruz, superintendente de relações governamentais da Seguradora Líder – DPVAT, João Henrique Hummel Vieira, diretor executivo da Frente Parlamentar da Agropecuária, e Larissa Wachholz, conselheira do IRELGOV.

Um dos pontos ressaltados para o sucesso na articulação política e o engajamento da sociedade em torno do tema defendido junto ao poder público. Para isso, estratégias e investimentos em comunicação são indispensáveis.

 

O Instituto de Relações Governamentais – IRELGOV agradece a todos os participantes, palestrantes, patrocinadores e apoiadores do Congresso de Relações Governamentais – ConRelGov. Foram discussões, reflexões e provocações sobre a atividade de relações governamentais no Brasil. Os resultados, tanto de público participante quanto de profundidade e qualidade do conteúdo discutido nos debates, ultrapassaram todas as expectativas dos organizadores do evento. Tivemos 13 painéis, 32 panelistas e mais de 150 participantes nos dois dias de congresso.

Este foi o primeiro congresso do IRELGOV. O evento foi promovido pela Blueprintt e o Instituto ficou responsável pelo conteúdo técnico dos painéis. Um agradecimento, também, à equipe do IRELGOV, ao conselho deliberativo e aos associados do Instituto, que prestigiaram em grande número o evento.

Aguardamos todos na próxima edição do ConRelGov e nos eventos promovidos pelo IRELGOV.

Muito obrigado!

 

Veja as fotos do 2º dia: